Letras Web
Boi Garantido

Ritual Dos Parintintin

Boi Garantido

32 acessos

Parintintin tem a pele vermelha
Parintintin tem a alma guerreira

Quando o sol abraçou a lua cheia
Flechas inimigas envenenaram os parintintins

O tempo adormeceu
A cerração pairou na aldeia
Surgiu levitando de um casulo o curandeiro ipají
Êxtase onírico, viagem à maloca tridimensional

Yrerupyhavuhu, yrerupyhavuhu

Eu vi mulheres peixes, vi homens-serpentes, pássaros híbridos no além
Senti o meu espírito sair do corpo em chamas, vi arvores caídas levantarem
Onças com ferrão de escorpião
E bichos em transmutação

O fogo!
O fogo primitivo de baíra vem iluminar
O sopro do espírito sagrado vem curar

O retorno ao corpo que balança maracás
A dança dos tempos de guerra dos ancestrais

Erguei a cabeça dos espíritos!
Akangwéra toryva, akangwéra toryva

Ritual dos parintintins
Ritual dos parintintins
A dança, a cura, o transe do ipají


Top Letras de Boi Garantido

  1. Pajé Dos Pajés
  2. Celebração da Fé
  3. Sinhazinha do Meu Boi
  4. O Sedutor Das Águas
  5. Geração Garantido
  6. Yebá Burô
  7. Alma de Guerreiro
  8. Lamento de raça
  9. Flor de Tucumã
  10. Exaltação Indígena

Pela Web