Letras Web
Boi Garantido

Maloca do Mundo (Amazônida)

Boi Garantido

40 acessos

Sou o luar quando beija a íris do céu
Sou floresta e rio liberto a cantar
Sou Uirapuru da Amazônia

O ecoar da vida, fauna e flora
Fruto de Gaia, luz da aurora
Natureza Mãe, Natureza Mãe

Teu orvalho sereno de relva
Vaga-lumes reluzem seu amor
Mais sublime acalanta teus filhos em paz
A esperança despertou
De um mundo sem ambição
Onde o homem e a natureza entrelaçam em plena comunhão

É tempo de florir, tempo de florir
É tempo de cantar, tempo de cantar
Voar, voar
Sobre as veredas do meu Brasil
Contemplando o encontro das águas
Santuário de lendas, templários de samaumeiras
Aroma de flores, explosão em cores

O sabor ao vento pelas manhãs
Alento de um povo amazônida
Que faz dessa terra a razão do seu viver

Somos a canção da floresta
A maloca do mundo
A morada de encantarias
Somos a natureza em festa
Em poesias e versos nos folguedos do boi Garantido


Top Letras de Boi Garantido

  1. Pajé Dos Pajés
  2. Celebração da Fé
  3. Sinhazinha do Meu Boi
  4. O Sedutor Das Águas
  5. Geração Garantido
  6. Yebá Burô
  7. Alma de Guerreiro
  8. Lamento de raça
  9. Flor de Tucumã
  10. Exaltação Indígena

Pela Web