Letras Web
Gabriel Marinho

Rumos Incertos

Gabriel Marinho

7 acessos

Como que eu posso viver nesse mundo de greve, de fome, de ódio profundo ?
Como que posso morar nessa casa que nao tem estrada, nem como chegar?
Como que eu posso sofrer com esse vício de roubo infinito, dinheiro sem lar?
Como que posso ver tudo tao triste, palhaços sem circo, sem risos no ar?

Vemos heróis dizendo mentiras;
Tendo um mundo de guerras, sem flor;
Vamos querer melhorar nossas vidas;
Porque nao trazer o amor?

Dá-se a bandidos poder absurdo tendo "mocinhos" sem ter onde morar;
Vê-se instalada a hipocrisia que manda a justiça fugir sem notar;
Faz-se a criação de falsos ídolos que redirecionam o nosso pensar;
Levando jovens a novos caminhos, que no final lhe fazem chorar;

Vemos heróis dizendo mentiras;
Tendo um mundo de guerras, sem flor;
Vamos querer melhorar nossa vidas;
Porque nao trazer o amor?


Top Letras de Gabriel Marinho

  1. Ilusão do Mar
  2. Desejos de Um Déjà Vu
  3. Rumos Incertos
  4. Menina do Outro Lado
  5. Não Vejo Problema

Pela Web