Letras Web
Forró Muleke Doido

Senhorita

Forró Muleke Doido

48 acessos

Minha meiga senhorita eu nunca pude te dizer
Você jamais me perguntou
De onde venho pra onde vou
De onde venho não importa, já passou
O que importa é saber pra onde vou

Minha meiga senhorita o que eu tenho é quase nada
Mas tenho o sol como amigo
Traz o que é teu e vem morar comigo
Uma palhoça no alto da serra será o nosso abrigo
Traz o que é teu e vem correndo, vem morar comigo

Aqui é pequeno mas dá pra nós dois
E se for preciso a gente aumenta depois
Tem um violão que é pra noites de lua
Tem uma varanda que é minha e que é sua
Vem morar comigo, Vem morar comigo

Minha meiga senhorita o que eu tenho é quase nada
Mas tenho o sol como amigo
Traz o que é teu e vem morar comigo
Uma palhoça no alto da serra será o nosso abrigo
Traz o que é teu e vem correndo, vem morar comigo

Aqui é pequeno mas dá pra nós dois
E se for preciso a gente aumenta depois
Tem um violão que é pra noites de lua
Tem uma varanda que é minha e que é sua
Vem morar comigo, Vem morar comigo

Aqui é pequeno mas dá pra nós dois
E se for preciso a gente aumenta depois
Tem um violão que é pra noites de lua
Tem uma varanda que é minha e que é sua
Vem morar comigo, Vem morar comigo
Vem morar comigo
Minha meiga senhorita


Top Letras de Forró Muleke Doido

  1. Só Pra Me Fazer Chorar
  2. Meu Cavalo Lampião
  3. Vida de Vaqueiro
  4. A Morte do Vaqueiro
  5. Senhorita
  6. Mulher Ingrata e Fingida
  7. Ponta de Faca
  8. Baião de Dois
  9. Brincar de Amar
  10. Ô Mulher Ruim

Pela Web