Letras Web
Forró Muleke Doido

Meio-dia

Forró Muleke Doido

7 acessos

Escorro o suor do meio dia
Assobiando a melodia
Eu tento saciar
com gole da cabaça
passa a sede mas não passa
O jejum jejuar.

O sol esquenta minha cabeça
Vige maria não esqueça
Também de esquentar
Com seus beijos minha vida
E o subejo da comida
Que sobrou do jantar.

João acabou-se a farinha
E o querozena da cozinha
No feijão grugui já deu

Vai traz um vestido de chita
Que eu quero ficar bonita,
bonita que nem um mateus

Tenha paciência minha gente
Foi a seca e a enchente
O culpado nao sou eu.


Top Letras de Forró Muleke Doido

  1. Só Pra Me Fazer Chorar
  2. Meu Cavalo Lampião
  3. Vida de Vaqueiro
  4. A Morte do Vaqueiro
  5. Senhorita
  6. Mulher Ingrata e Fingida
  7. Ponta de Faca
  8. Baião de Dois
  9. Brincar de Amar
  10. Ô Mulher Ruim

Pela Web