Letras Web
Forró Muleke Doido

A Morte do Vaqueiro

Forró Muleke Doido

51 acessos

Numa tarde bem tristonha
Gado muge sem parar
Lamentando seu vaqueiro
Que não vem mais aboiar
Não vem mais aboiar
Tão valente a cantar

Tengo, lengo, tengo, lengo,
tengo, lengo, tengo
Ei, gado, oi

Bom vaqueiro nordestino
Morre sem deixar tostão
O seu nome é esquecido
Nas quebradas do sertão
Nunca mais ouvirão
Seu cantar, meu irmão

Tengo, lengo, tengo, lengo,
tengo, lengo, tengo
Ei, gado, oi

Sacudido numa cova
Desprezado do Senhor
Só lembrado do cachorro
Que inda chora
A sua dor
É demais, tanta dor
A chorar, com amor

Tengo, lengo, tengo, lengo,
tengo, lengo, tengo
Tengo, lengo, tengo, lengo,
tengo, lengo, tengo
Ei, gado, oi
E... Ei..Ei..Ei..Ei...Ei..ô


Top Letras de Forró Muleke Doido

  1. Só Pra Me Fazer Chorar
  2. Meu Cavalo Lampião
  3. Vida de Vaqueiro
  4. A Morte do Vaqueiro
  5. Senhorita
  6. Mulher Ingrata e Fingida
  7. Ponta de Faca
  8. Baião de Dois
  9. Brincar de Amar
  10. Ô Mulher Ruim

Pela Web