Letras Web
F.E.P.A

Garoto Louco

F.E.P.A

14 acessos

Negar o caminho do meio
Se arriscar nos pólos, nos extremos
Negar os meridianos do mundo
Pra encontrar o centro de mim
Que de tão perto, tão dentro
Escapa a vista, os dedos não tocam
e de repente o que era perto
O que era certo, o que era seu
Se esconde atrás da máscara do invisível
Porque alguém disse algo sobre olhos
Que não veem, coração que etc e tal
E a gente se conforma e se deforma
Equilibrando a covardia no caminho do meio
Mas eu quero a queda, a vertigem, o passo em falso
Negar os meridianos do mundo
Encontrar o centro de mim
Eu quero a selva, o alce, o garoto louco
Feito de um pouco a mais de medo de se dobrar ao caminho do meio
De um tanto a mais de sonho para abrir à foice
uma clareira pra dentro de si
Eu sou o passo e a queda
Eu sou o garoto louco e a selva
A foice desbravando o sonho
E a clareira pra dentro de mim


Top Letras de F.E.P.A

  1. Quanto Custa?
  2. Garoto Louco
  3. Repara
  4. Sem Ti
  5. Depois de Um Café

Pela Web