Letras Web
Fabricio Rosil

Jangada

Fabricio Rosil

10 acessos

Lá vai mais um barquinho no meio do mar
O pescador valente insiste em chegar
De tantas orações que teve que fazer
São Pedro, Santo Antônio não vá se esquecer
Descia e sozinho no meio do mar
A vida é uma disputa pra ganhar o pão
Sofrendo com um salário pobre cidadão
Que luta com vontade pra nada faltar

Cristo Redentor, Rio de Janeiro
Do alto Corcovado lindo de se ver
Olha Ipanema, com sua beleza
Fez a sua história que se eternizou
Sorrindo vai seguindo triste pescador

Chegou na Bahia de corpo fechado
Bebeu água de coco lá em Salvador
Descansado então ele segue o seu rumo
Ainda tem o mundo para conquistar


Top Letras de Fabricio Rosil

  1. Marreteiro
  2. A Bala
  3. Cabeça Chata
  4. Canto de Glória
  5. Anonimato Hereditar
  6. Jangada
  7. Gabriela
  8. Fonte de Emoção
  9. Ordem e Progresso
  10. O Grande Cenário Tropical

Pela Web