Letras Web
Fabricio Rosil

A Bala

Fabricio Rosil

14 acessos

Vocês estão vendo a boca que fala
Ela professa um sinistro acontecimento
Chegou a bala
Que veio furar o bloco de quem só quer o normal
E não vê a rua que levou meu coração a professar

No meio da rua quem passa sentindo
Não sente a necessidade de se habilitar
Não vê na vida
Caminho algum, se é verde ou azul, a cor desse mar
Limite é o céu do sonho que há por realizar

Essa é a vida, dias iguais
Só esperança de ter um caminho de paz

Os fatos que passam naufragam os sonhos
Cumpri-se a regra que envolve o povo em geral
Chegou a bala,
Que veio furar o bloco de quem só quer o normal
E não vê a rua que levou meu coração a professar

No meio da rua quem passa sem rumo
Vê a derrota chegando como algo normal
Não vê na vida,
Caminho algum se é verde ou azul a cor desse mar
Limite é o céu do sonho que há por realizar

Essa é a vida, dias iguais
Só esperança de ter um caminho de paz


Top Letras de Fabricio Rosil

  1. Marreteiro
  2. A Bala
  3. Anonimato Hereditar
  4. Cabeça Chata
  5. Canto de Glória
  6. Jangada
  7. Gabriela
  8. Fonte de Emoção
  9. Ordem e Progresso
  10. O Grande Cenário Tropical

Pela Web