Letras Web
Elba Ramalho

Os Argonautas

Elba Ramalho

10 acessos

O barco
Meu coração não agüenta
Tanta tormenta, alegria
Meu coração não contenta
O dia, o marco
Meu coração
O porto não

Navegar é preciso
Viver não é preciso
Navegar é preciso
Viver não é preciso

Noite no teu tão bonito
Sorriso solto perdido
Horizonte e madrugada
O riso, o arco
Da madrugada
O porto, nada

Navegar é preciso
Viver não é preciso
Navegar é preciso
Viver não é preciso

O barco
O automóvel brilhante
O trilho solto
O barulho
Do meu dente em tua veia
O sangue, o charco
Barulho lento
O porto, silêncio

Navegar é preciso
Viver não é preciso
Navegar é preciso
Viver não é preciso


Top Letras de Elba Ramalho

  1. Bate Coração
  2. Amplidão
  3. A Natureza das Coisas
  4. Bê-á-bá
  5. Meu Passarinho Voou
  6. A Violeira
  7. Nem Se Despediu de Mim
  8. Árvore
  9. Cidadão
  10. Quem É Muito Querido a Mim

Pela Web