Letras Web
Elba Ramalho

Cidadão

Elba Ramalho

105 acessos

Na mão do poeta
O sol se levanta
E a lua se deita
Na côncava praça
Aponta o poente
O apronte o levante
Crescente da massa
Aos pés do poeta
A raça descansa
De olho na festa
E o céu abençoa
Essa fé tão profana
Oh! Minha gente baiana
Goza mesmo que doa
Abolição
No coração do poeta
Cabe a multidão
Quem sabe essa praça repleta
Navio negreiro já era

Agora quem manda é a galera
Nessa cidade nação
Cidadão
Abolição
No carnaval do poeta
Cabe a multidão
Quem sabe essa praça repleta
Navio negreiro já era
Agora quem manda é a galera
Nessa cidade nação
Cidadão


Top Letras de Elba Ramalho

  1. Bate Coração
  2. Amplidão
  3. A Natureza das Coisas
  4. Bê-á-bá
  5. Meu Passarinho Voou
  6. A Violeira
  7. Nem Se Despediu de Mim
  8. Árvore
  9. Cidadão
  10. Quem É Muito Querido a Mim

Pela Web