Letras Web
Dei-me o Direito de Saber

Dei-me o Direito de Saber

Dei-me o Direito de Saber

6 acessos

As luzes da cidade já estão acesas
Caminho solitário em busca de um destino
Prefiro acordar para o imaginário do que conviver com a realidade
Esse mundo é cruel e sangrento
Por todos os lugares mortes e rancores
Busco uma razão para viver, parar de sofrer, então entender

(REFRÃO)
Porque nascemos então?
Porque nascemos então?

Porque nascemos então?
Porque nascemos então?


Nos jornais políticos, celebridades
Em todos lugares guerras, atrocidades
A humanidade segue sua farsa
Os que não concordam serão destruídos
Veja a sua volta quanta corrupção
Ditadura virtual ineficiente
Busco uma razão para viver, parar de sofrer, então entender

(REFRÃO)
Porque nascemos então?
Porque nascemos então?

Porque nascemos então?
Porque nascemos então?

Nos jornais políticos, celebridades
Em todos lugares guerras, atrocidades
A humanidade segue sua farsa
Os que não concordam serão destruídos
Veja a sua volta quanta corrupção
Ditadura virtual ineficiente
Busco uma razão para viver, parar de sofrer, então entender

(REFRÃO)
Porque nascemos então?
Porque nascemos então?

Porque nascemos então?
Porque nascemos então?

Top Letras de Dei-me o Direito de Saber

  1. Dei-me o Direito de Saber

Pela Web