Letras Web
Deck-Arte

1675 Pontinha

Deck-Arte

5 acessos

(Swipe)

1675 pontinha, é aqui o meu condomínio
onde acordo com a vizinha a gritar que comete suicídio
vidas desiquilibradas nesta pseudo-favela
que a nem há quengas de sentinela com medo da clientela
ilusionistas da área, metem o dinheiro esticado
visto que não têm dinheiro pro mês, têm é mês a mais para o ordenado!!!
isto só não é um sitio onde judas perdeu as botas
porque se dissessem isso alguem tinha ganho umas novas
é em primarias que putos trocaram a chucha pelo charro
fazendo-me acreditar, que a "Chico" agora fabrica tabaco
pensam q enrolam os pais a enrolar ganza as escondidas
mas como ninguém enrola a droga a ganza é que enrola as suas vidas
zona tão evoluida faz reciclagem todo o dia
classes mais pobres vão ao lixo para mobilarem as suas moradias
já a lixeira humana não morre essa fica cá toda
como o céu tem fama de ser perfeito Deus só lá quer gente boa
raças confundem daltónicos, e o racismo não melhora!
engravidar aos 15 não é grave, se nascer negro é que piora
filhos de crânios opacos, metem os pais em braza
e quanto às filhas é na maternidade já terem o cartão da casa
pedem ao Pai, Filho Espirito Santo para haver abortos naturais
mas o Espirito Santo não da Filho, por isso imagina quem é o Pai
este é o filme que é a Pontinha sem haver tempo para intervalo
como vês 1675 não é apenas codigo postal....

---------------Refrão-----------------------

mais de (1000) desempregados e (600) vadios
em que (e 70) trabalham só para (e 5) serem ricos
1675, é aqui onde eu resido
no entanto no fumo charros não roubo carros e nem sequer tenho brinco

com (1000) gamados ficam (600) felizes
depois (e 70) são apanhados (e 5) viram pedintes
1675, é aqui onde vivo
se achas que esta na moda este sitio, não me importo de trocar contigo

----------------Fim-------------------------

(X-Tense)

1675 Pontinha, é aqui o meu condomínio
Onde acordo com o vizinho a ser preso por culpa de homicídio
Eles dizem põe no canto do prato a parte má da comida
Mas como a sociedade não tem cantos puseram numa "pontinha"
... Cidade de Deus, versão Filipe La'Feria
Com actores, menores de idade até onde o tribunal tolera
Temos policias bacanos, que até têm calendários
Até eles fazerem 18 anos, vão contando aniversários
Ah nossa gente não os podem acusar que não "passam cartão"
Alias se tiveres telemóvel é só com isso que ficas na mão
Rusgas policiais ... são consideradas ousadias
Eles não têm cadastros .... têm biografias
É raro o mano que por aqui não tem uma culpa a esconder
Pro mais surdo basta a sirene duma ambulancia pra correr
Não precisamos da Unicef pra manter-mos elos
Desde da primária que as nossas mães preparam sandes pra eles
Nem se trata de ser ladrão, não é o crime que os atrai
Mas todos nós já sonhamos em ter a profissão do pai
Pai esse que fez nascer 7 a 8 irmãos
Que unica imagem que têm dele é de costas e mala em mão
São bons a Ciências, EV, Matemática e Quimica pois
Eles plantam, enrolam, vendem e metem em estado gasoso
Este é o meu bairro, igual ao teu bairro, aliás isto é o bairro
Igual em todo lado, há um por todo o lado, em todo o lado

Top Letras de Deck-Arte

  1. Tchim-Tchim
  2. 60 Segundos
  3. Reunião Com Deus
  4. 1675 Pontinha
  5. Tipicamizade

Pela Web