Letras Web
Daniel Monteiro

Transcendental

Daniel Monteiro

3 acessos

Milhões de velocidades me atingindo o rosto
Enquanto o universo se despe em coesão
E eu, eu só me deito
Já sou imensidão derramada, o pote do éter
Me entrego inteiro ao círculo astral
Senso, sensual

Êxtase, casa e ciência
Que nos traga consciência

Às vezes é assim o teu sorriso
Às vezes é assim que eu me sinto

Um tanto infinito rastro que alucina e queima
A intensidade que já corta o meu olhar.
Rezo e já sei andar
Quente que deita e rola, enrola teu corpo no meu
Vamos pro espaço, cem passos de cada vez
Três, trezentos beijos no calor

Êxtase, casa e ciência
Que nos traga transcendência

Às vezes é assim o teu sorriso
Às vezes é assim que eu me sinto


Top Letras de Daniel Monteiro

  1. Coletivo de Focas
  2. Meditação Sobre o Flerte
  3. Na Manhã Antes do Sol
  4. Areia
  5. Transcendental

Pela Web