Letras Web
Daniel Abreu

Cadê O Tintenor?

Daniel Abreu

5 acessos

- Alô!
- Diga.
- Rapaz, chama aí o Tintenor, pelo amor de Deus!

Acordo na manhã
Com muito o que fazer
E nada nesse dia
Pode me abater.

É certo que a calma
É minha inspiração
E tudo se acaba
Com uma ligação...

Cadê o Tintenor? Cadê o Tintenor? Cadê o Tintenor?...

Amigo, eu já lhe disse!
Nem venha insistir
Que esse tal sujeito
Não existe aqui.

Meu Deus, que agonia!
Mas que situação!
E esse telefone
Virou uma maldição.

É tia e sobrinho,
Vóvó e irmão.
A coisa me assusta!
E o povo me pergunta:

Cadê o Tintenor? Cadê o Tintenor? Cadê o Tintenor?...

Porra de Tintenor! Lá sei quem é esse Diabo!


Top Letras de Daniel Abreu

  1. E Nasce Raimundo Língua-seca
  2. Etelvino
  3. Meretriz Acre
  4. Olhe Pra Mim Que Eu Olho Pra Ti
  5. Cadê O Tintenor?
  6. Diz A Velha!
  7. O Defeito Do Meu Amigo
  8. O Mesmo "era Uma Vez"
  9. Baião da Cabra
  10. Raimundo Língua-seca

Pela Web