Letras Web
Celso Oliveira & Os Guitarreiros

Balneário Pinhal

Celso Oliveira & Os Guitarreiros

14 acessos

Balneário Pinhal
Autor: Celso Oliveira

Vejo as dunas caminhando
Como buscassem encontrar
Os velhos tempos de autrora
Onde abraçavam o mar
E os ventos que sopram fortes
Fazendo a gaivota voar
Hoje sopra descompassado
Fazendo o pinheiro Dançar

E Disto que falo amigo
Da antiga terra do sal
Onde as carretas rodavam
Contemplando o litoral
E disto que falo amigo
Da antiga terra do sal
É uma cidade tão linda
O Balneário Pinhal

Das lagoas do magistério
Das dunas e dos pinheiros
Do nosso velho túnel verde
Da figueirinha e dos parceiros
Das velhas rodas de mate
E terra de homem campeiro
Que laça doma e gineteia
De sol a sol com seu sombreiro

E Disto que falo amigo.


Top Letras de Celso Oliveira & Os Guitarreiros

  1. Estraveado
  2. Além da Cancela
  3. Balneário Pinhal
  4. Quando Alço o Pé No Estribo
  5. Pra quem maltrata cavalo
  6. Pra Domar Um Venta Rasgada
  7. Saudade de Um Tropeiro
  8. São Luiz Gonzaga

Pela Web