Letras Web
Cacimba Barrenta

Batidas do Coração

Cacimba Barrenta

12 acessos

Se eu vejo o sol
Eu já te vejo
Sinto a saudade do teu calor
Daquele beijo reluzente (2x)
Uma paixão tão transcendente
Que o dia o vento levou

Mas quanto tempo
Mas quanto tempo faz
Nessa agonia já não vou me prender mais
Por entre laços eu não me vejo
Só por causa de um desejo que um dia bateu em min

Mas vai
Coração vai
Mas faz
Tun tun tun faz

Foi uma flor que de repente
Apareceu na minha frente
Que um dia me lembrou
Foi uma flor que de repente
Apareceu na minha frente e um dia me envenenou
(Solo)

Mas quanto tempo
Mas quanto tempo faz
Nessa agonia já não vou me prender mais
Por entre laços eu não me vejo
Só por causa de um desejo que um dia bateu em min Mas vai
Coração vai
Mas faz
Tun tun tun faz

Foi uma flor que de repente
Apareceu na minha frente
Que um dia me lembrou
Foi uma flor que de repente
Apareceu na minha frente e um dia me envenenou
(Solo)


Top Letras de Cacimba Barrenta

  1. Meu Porto Seguro
  2. Batidas do Coração
  3. Bicho do Mato
  4. Candeeiro do Forró
  5. Somos Dois Paixonados
  6. Forró do Bom

Pela Web