Letras Web
As Andorinhas de Cristo

Digitais do Oleiro

As Andorinhas de Cristo

291 acessos

Ouço a voz de Deus me chamar
Desce a casa do oleiro, com você quero falar
Olha como o oleiro faz com o barro
Ele molda como quer e desfaz se precisar
Assim sois vós nas minhas mãos
Assim sois vós, barro em minhas mãos
Assim sois vós nas minhas mãos
Assim sois vós, barro em minhas mãos

E nas mãos do oleiro eu quero estar
Quanto mais ele me molda,
Mais das suas digitais ficam sobre mim
Na casa do oleiro eu vou descer
Ele molda meu caráter, ele molda minha fé
E eu tenho mais de Deus
E eu sinto mais de Deus
E eu vivo mais pra Deus

Ouço a voz de Deus me chamar
Desce a casa do oleiro, com você quero falar
Olha como o oleiro faz com o barro
Ele molda como quer e desfaz se precisar
Assim sois vós nas minhas mãos
Assim sois vós, barro em minhas mãos
Assim sois vós nas minhas mãos
Assim sois vós, barro em minhas mãos

E nas mãos do oleiro eu quero estar
Quanto mais ele me molda
Mais das suas digitais ficam sobre mim
Na casa do oleiro eu vou descer
Ele molda meu caráter, ele molda minha fé

E do barro amassado, o oleiro faz o vaso
Que é passado pelo fogo, pra mais forte ficar
Se estou passando pelo fogo, é pra me fortalecer
Pra quando pronto estiver, de unção Deus vai me encher

E nas mãos do oleiro eu quero estar
Quanto mais ele me molda,
Mais das suas digitais ficam sobre mim, sobre mim
Na casa do oleiro eu vou descer
Ele molda meu caráter, ele molda minha fé

E nas mãos do oleiro eu quero estar
Quanto mais ele me molda
Mais das suas digitais ficam sobre mim
Na casa do oleiro eu vou descer
Ele molda meu caráter, ele molda minha fé
E eu tenho mais de Deus
E eu sinto mais de Deus
E eu vivo mais pra Deus


Top Letras de As Andorinhas de Cristo

  1. Lá Vem Jesus
  2. Quando Ele Quer Agir
  3. Levanta e Vai
  4. Digitais do Oleiro
  5. Tempo de Colheita
  6. É coisa fina
  7. Estou de pé
  8. Levante a Cabeça
  9. Face a Face
  10. Deus Forte

Pela Web