Letras Web
Amália Rodrigues

Perdigão

Amália Rodrigues

16 acessos

Perdigão que o pensamento
Subiu em alto lugar
Perde a pena de voar
Ganha a pena do tormento.

Não tem no ar nem no vento
Asas com que se sustenha:
Não há mal que lhe não venha
Perdigão perdeu a pena.
Quis voar a uma alta torre
Mas achou-se desasado
E vendo-se depenado,
De puro penado morre.
Se a queixumes se socorre
Lança no fogo mais lenha:
Não há mal que lhe não venha
Perdigão perdeu a pena.


Top Letras de Amália Rodrigues

  1. Apanhar O Trevo
  2. O Xaile da Minha Mãe
  3. Duas Luzes
  4. Lisboa Antiga
  5. Dom Solidom
  6. Tiro Liro Liro
  7. Havemos de Ir a Viana
  8. Rosa Vermelha
  9. O Namorico de Rita
  10. Canção Do Mar

Pela Web