Letras Web
Alice Ribeiro

Côco Peneruê

Alice Ribeiro

144 acessos

Olha o côco peneruê,
Olha o côco peneruá,
Olha o côco-peneruê,
Olha o côco-peneruá.

'Sta nega é o côco,
Do stambiro, biro, biro,
'Sta nega é o côco,
Do stambiro, biroá.

Ói o côco peneruê...

Roda volante,
Puxavante, manivela,
Meu mano, carrega nela,
E bota azeite no mancá,
Tenho uma faca uma pistola, uma riúna,
Quando o cabra se arripuna,
Bole embaixo é o tiro, pá !

Ói o cõco peneruê...

Soldado novo com boné arrevirado,
Faz um passo amolengado,
E sai vermelho pra brigá,
"Sordado" preto que toca "calarineta",
Quero ver tocar corneta,
Na frente do "generá".

Ói o côco peneruê,
Ói o côco peneruá,
Ói o côco-peneruê,
Ói o côco-peneruá.


Top Letras de Alice Ribeiro

  1. Côco Peneruê

Pela Web