Letras Web
Além Mar

Zé Das Pintas

Além Mar

12 acessos

Hoje é mais um dia, |
em que o Zé chega a casa de manhã,|x2
e não vê o amanhecer. |

As pessoas,
Já correm pela rua,
Alfinete no palheiro,
Formiga no formigueiro...


Vida sem fim|
Vida sem fim|x2
Vida sem fim|
É sempre assim|


Na aldeia o Zé carteiro,
vem com as cartas a gritar,
os velhos estão contentes,
têm notícias para dar.

Já se acende o carvão,
para a petiscada,
as moelas e o garrafão,
hoje há cá desgarrada!

O pai da Joaquina está muito contente,
a filha tem um emprego muito belo e decente,
está em Lisboa a trabalhar no intendente
uma empresa muita boa,
que satisfaz o cliente.


Vida sem fim|
Vida sem fim|x2
Vida sem fim|
É sempre assim|


Na aldeia o Zé carteiro,
vem com as cartas a gritar,
os velhos estão contentes,
têm notícias para dar.

Já se acende o carvão,
para a petiscada,
as moelas e o garrafão,
hoje há cá desgarrada!

O pai da Joaquina está muito contente,
a filha tem um emprego muito belo e decente,
está em Lisboa a trabalhar no intendente
uma empresa muita boa,
que satisfaz o cliente.

Vida sem fim|
Vida sem fim|x6
Vida sem fim|
É sempre assim|


Top Letras de Além Mar

  1. Açores (Mil Maravilhas
  2. Deixa-me Olhar
  3. Deixa-me Amar
  4. Zé Das Pintas
  5. Longe de Ti
  6. Ora Vira Bem
  7. Além-mar
  8. Concelho da Povoação

Pela Web