Letras Web
Alcora

1975

Alcora

4 acessos

Todo dia vejo o nascer do sol
Esperando poder sorrir
Mesmo depois de tudo mesmo depois que o mundo
Foi traido e vendido escravisado e destruido
O vento vopra e borda pelo ceu
Com as nuvens o retrato do rosto
Pareço esta perdido mas que estara perdido
Depois de perder o que mais amou aqui

E posso ate ouvir a voz de que lutou
sofreu e ate morreu pra mudar o futuro
E ate ouvir a voz de quem chorou com a vitoria comemorando
O recomeço de tudo
E ate ouvir a voz do nascer de uma nova vida
Nos somos sim capazes de amar

A noite cai e traz a ilusao
Nao sao os anjos que estao por aqui
E mais um dia como outro qualquer
Onde a esperança aguarda ao relento por alguem
E voce diz que nao se importa mais
E que o tempo é so um jogo desleal
Onde o medo predomina
E a violência trai os seus segredos mais sinceros
Mudei e quem vai mudar enquanto todos forem o que sao
Lutei e quem vai lutar enquanto tudo estiver como esta
Penvei e quem vai pensar o ossio predomina a nossa juventude
Entao diz pra mim o que vamos fazer
Eu presciso encontra meu caminho
Sera que sao apenas mentiras

E posso ate ouvir a voz
De que lutou sofreu e ate morreu pra mudar o futuro
E ate ouvir a voz de quem chorou com a
Vitoria comemorando o recomeço de tudo
E ate ouvir a voz do nascer de uma nova vida
Nos somos sim capazes de amar

Top Letras de Alcora

  1. Pirata Nordestino (Especial Rapadura Rock)
  2. Ópera Dos Mortos
  3. Anjos Que Caem
  4. Sonhos Mudos
  5. Flores Mortas
  6. A Tempestade
  7. 1975
  8. O Livro da Vida
  9. Orquídeas

Pela Web