Letras Web
Albano Marques e Batalhão de Estranhos

Bateau Mouche

Albano Marques e Batalhão de Estranhos

6 acessos

(Bateau Mouche foi uma embarcação de turismo que naufragou na costa brasileira no reveillon de 1988, mais precisamente na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, quando estava a caminho de Copacabana. Das 153 pessoas que se divertiam a bordo, 55 morreram.Acredita-se que a embarcação estivesse superlotada, além de apresentar uma série de falhas. Mas a fiscalização fez vista grossa. e assim é o brasil, enquanto a gente se diverte ele afunda...)

quem jurou a nossa cosntituição foi tutancâmon com a mão esquerda
quem comprou o passe pra pelé jogar foi o cosmo das américas
jesus cristo não teve alistamento aos dezoito
tinha barba e tinha dentes
tiradentes foi morto num enforcamento em plena praça pública
bateau mouche, barcas furadas, rotas alteradas
jesus cristo não teve alistamento aos dezoito
nem ao menos gozou de um coito
seria tragicômico joão paulo II condenado por cheque sem fundo
roberto marinho teve as artimanhas de dizer que usa o poder
e a televisão continua sendo lugar de vida não inteligente
o brasil está sofrendo da síndrome de marcuse
totalitarismo cultural, mussolini locutor de rádio
fome miséria e dor e funk na cabeça
fome miséria e dor e funk na cabeça
fome miséria e dor e fuck you na cabeça
o cristo é o terceiro mundo, é o terceiro mundo
bateau mouche, barcas furadas, rotas alteradas


Top Letras de Albano Marques e Batalhão de Estranhos

  1. Aos poucos me acabo (um dia ainda vamos rir de tudo isso)
  2. Prelúdio (esse cara sou eu)
  3. Amor Valeu
  4. Detrás Dos Montes
  5. Bateau Mouche
  6. Caleidoscópio
  7. Por trás do vento
  8. Nossa História
  9. Nossa Hsitória

Pela Web