Letras Web
Aesma Daeva

Disdain (tradução)

Aesma Daeva

14 acessos

O sol cresce frio no céu ocidental
E mais cedo e mais cedo
O sol se submete ao ascender da lua
E após um verão de tristeza
Eu agora me abraço por um inverno de desespero
Todos os dias mortes me asfixiam com muito mais força
E meus erros estão congelados em minha mente
Embora eu sempre tenha questionado por que ele me colocou aqui
Eu nunca tive motivação para desafiá-lo
Eu já tive um nome, mas você já me esqueceu
Eu ainda tenho um rosto, que você nunca poderia esquecer
Branco, pálido
E frio, com sedativo nos meus olhos
Onde uma vez já houve vida
Eu pareço ser mais máquina do que homem
Agora há uma sombra do que eu costumava ser
Com morte em meus olhos e malícia em meu coração
Eu abandono a última cortina na mais sangrenta das tragédias
Eu me arrepio e chacoalho com meu remorso
Como eu volto para a tempestade de onde surgi
Agora eu sei o que significa ser sozinho
Oh, o que significa ser tão frio
Um assassino solitário
Sem lugar pra ir
Um assassino solitário
Sem lugar pra chamar de casa
Um assassino solitário
Sem um lugar pra chamar de seu

Letra original

The sun grow cold in the western sky
And earlier and earlier
The sun submits to the moons rise
And after a summer of sorrow
I now embrace myself for a winter of despair
Every day deaths hand grips me so much tighter
And my mistakes are frozen in my mind
Even though I've often questioned why he has placed me here
I never had the motivation to challenge him
I once had a name but you have forgotten me
I still have a face one you could never forget
Pale white
And cold with sedation in my eyes
Where there was once life
I seem to be more machine than man
Now a shadow of what I used to be
With murder in my eyes and malice in my heart
I drop the final curtain on the bloodiest of tragedies
I quiver and shake with my remorse
As I head back into the storm from which I was born.
Now I know what it means to be alone
Oh, what it means to be so cold
A lonely assassin
With no place to go
A lonely assassin
With no place to call home
A lonely assassin
With no place to call his own.


Top Letras de Aesma Daeva

  1. O Death (Rock Me Asleep) (tradução)
  2. Introit I (tradução)
  3. D'Oreste (tradução)
  4. Artemis (tradução)
  5. Introit II (tradução)
  6. Introit II
  7. Introit I
  8. Disdain (tradução)
  9. Artemis
  10. Lysander (tradução)

Pela Web