Letras Web
Acadêmicos de Milton Friedman

Samba do Torreão

Acadêmicos de Milton Friedman

3 acessos

Torreão, garoto bem intencionado
Queria fazer pelo proletariado
Na universidade brasileira
Onde todo mundo paga a brincadeira

No curso de ciências sociais
Frequentava bacanais
E reuniões da une

Nas horas vagas lia marx
E outros neandertais
Que assombravam o velho mundo

Torreão! Torreão! Torreão!
A vida não é assim, meu irmão
Torreão! Torreão! Torreão!
A vida não é assim, meu irmão

Torreão, não existe almoço grátis
É pago com as nossas liberdades
Para distribuir um pau de prata
Custa cem para o nobre burocrata

O pai que querem tu e teus iguais
Não conseguirá jamais
Entregar a igualdade

Aprenda que o princípio é escassez
E nunca mais serás
Comunista outra vez

Torreão! Torreão! Torreão!
A vida não é assim, meu irmão
Torreão! Torreão! Torreão!
A vida não é assim, meu irmão


Top Letras de Acadêmicos de Milton Friedman

  1. Carnaval da Libertinagem
  2. Por Una Cristina
  3. Samba do Torreão
  4. Good Intentions
  5. Señorito Satisfecho
  6. Seu Rouanet
  7. Privada Presidencial
  8. San Bastiat

Pela Web