Letras Web
Acadêmicos de Milton Friedman

Por Una Cristina

Acadêmicos de Milton Friedman

3 acessos

Cristina, ô cristina que merda é essa que tu fazes na argentina?
Cristina, che, cristina, que mierda es esa que haces en argentina?

Cristina, moça fina de família
Criada ao mais fino caviar
Seguindo os tortos passos do marido
Pelo poder deixou-se encantar

Seu patrimômio cresce a passos largos
E a crise acompanha a galopar
Ministros cagam a cada decisão
E até o milton se remexe no caixão

Cristina, ô cristina que merda é essa que tu fazes na argentina?
Cristina, che, cristina, que mierda es esa que haces en argentina?

No câmbio ela gosta de mexer
Remexe e mexe pro peso não despencar
Tua carinha de boneca estragada
Já não consegue o produto levantar

Tem que ir à boca pra poder comprar um dólar
Que o peso ninguém mais quer aceitar
Até o messi já vomita de desgosto
Nem mesmo a reza de francisco vai bastar

Cristina, ô cristina que merda é essa que tu fazes na argentina?
Cristina, che, cristina, que mierda es esa que haces en argentina?


Top Letras de Acadêmicos de Milton Friedman

  1. Carnaval da Libertinagem
  2. Por Una Cristina
  3. Samba do Torreão
  4. Good Intentions
  5. Señorito Satisfecho
  6. Seu Rouanet
  7. Privada Presidencial
  8. San Bastiat

Pela Web