Letras Web
A Última Theoria

3

A Última Theoria

29 acessos

Ei, você, que insiste em viver dentro da minha cabeça
Me dizendo o que fazer...
Será que você, optou me escolher
Ou será que eu escolhi ouvir

Por esse limbo de almas
Meio a crises junto as vozes que me acusam mas no final me acalmam
E me fazem entender
Que por trás de todo trauma
Sempre há dor
Pra mais do medo em nós
Pra mais do mesmo
Mais uma vez

O que me faz não desistir é a fé
Me emancipo a meus sonhos
Ao sanatório do mundo real
Me refrigero no inferno
E me aqueço ao amargo do céu

"E não há amanha, pra quem já se viu
Ciente aqui estou e sei que

Qualquer forma de recriar me transforma e soma
A mesma quantia pedida pra reinventar
Me guio ao te escutar
E vivo e sinto o que ninguém vai ver por mim"

São visões de valas
Milhões de falhas
Atalhos vagos
Caminhos cegos
Setas e brechas
Dentre as vozes certas a se escutar

A maestria de uma telepatia audível
O silêncio distorcido, pela voz da imaginação
A calma e a euforia sobreposta
De costas ao espelho do mundo real
Por esse limbo de almas


Top Letras de A Última Theoria

  1. Por Acaso
  2. Dramaturgia Ao Sublime Demiurgo
  3. 667 (part. Alano Junio)
  4. Herdeiros da Promessa
  5. Carta Ao Céu
  6. A Nossa Música
  7. As Sentinelas do Sistema Chegaram
  8. 777
  9. -7+13
  10. Gênesis 1;11

Pela Web