Madonna é convocada por júri mas acaba sendo liberada

Cantora teria sido chamada para participar de um julgamento.

Postado em

Nos Estados Unidos, em alguns estados, é comum que os cidadãos sejam chamados para participar de determinados julgamentos. Este comparecimento é obrigatório e é diferente do Brasil, onde somente cidadãos que se candidatam participam de atividades desta natureza como jurados. Mas essa semana a corte dos Estados Unidos acabou fazendo uma convocação um tanto quando inusitada.

Madonna é convocada por júri mas acaba sendo liberada

A cantora Madonna acabou sendo intimada a comparecer em um tribunal de Nova York. Mas a cantora acabou não sendo utilizada no júri, por ser considerada como uma “distração” pelo magistrado responsável pelo julgamento que iria ser conduzido.

Madonna já havia sido convocada no mês de maio, mas naquela ocasião acabou conseguindo ser liberada em virtude de compromissos profissionais internacionais. Mas desta vez a cantora, que estava na cidade, compareceu ao local, ficando em uma sala isolada das demais pessoas. Mas acabou ficando apenas por duas horas, até o juiz declarar que ela seria um problema nos julgamentos dos quais poderia comparecer.

Madonna é convocada por júri mas acaba sendo liberada

De acordo com o comunicado emitido pelo tribunal para os jornalistas, a dispensa da cantora aconteceu somente porque naquele dia existiam mais pessoas que poderiam ser juradas para os casos, mas a presença dela demonstra que qualquer pessoa nos Estados Unidos pode ser chamada e que elas devem cumprir com o seu dever.

Já a assessoria de imprensa da cantora disse apenas que a cantora fez o seu dever como cidadã norte-americana. Como se apresentou e foi dispensada, a cantora agora não pode ser chamada pelos próximos seis anos. 

Madonna


Recomendado para você

Deixe o seu comentário

+ Notícias publicadas